Vipassana

[Vídeo-Palestras] Retiro: O Nobre Caminho Óctuplo | Sagarapriya

Publicado em Atualizado em

1. O TREINO DA SABEDORIA

(Tópicos referidos na palestra)

.: As 4 Nobres Verdades :.

  1. A Nobre Verdade do Dukkha (sofrimento, insatisfação)
  2. A Nobre verdade da Origem do Dukkha
  3. A Nobre Verdade do Cessar do Dukkha
  4. A Nobre Verdade do Caminho que Conduz à Cessação do Dukkha (Caminho Óctuplo)

.: O Nobre Caminho Óctuplo :.

Sabedoria (pañña)
1) Entendimento/Compreensão apropriada ao Despertar (samma ditthi)
2) Motivação/Pensamento/Intenção/Aspiração apropriada ao Despertar (samma sankappa) Leia o resto deste artigo »

Anúncios

[Vídeo-Palestra] Meditação Vipassana e Sensação do Corpo | Eilona Ariel

Publicado em Atualizado em

Transcrição:

(Som de avião a jato)

Sentiram isto? Algo no vosso corpo? Sensações no vosso corpo? E que tal se juntarmos imagem e som?

(Som de arranhão)

A maior parte das pessoas reage tal e qual como vocês reagiram. Já se realizaram vários estudos para perceber o porquê da nossa reação ao som das unhas a arranhar um quadro preto. Um estudo concluiu que este som se assemelha aos gritos de alerta dos macacos, que geravam reflexos condicionados nos nossos ancestrais. Num estudo mais recente descobriu-se que está relacionado com a anatomia do nosso canal auditivo. O nosso canal auditivo amplifica determinadas frequências, e o som de unhas a arranhar um quadro encontra-se nessa gama de frequências, por isso esse som irrita-nos.

Mas nós não podemos alterar tudo aquilo que nos causa sensações desagradáveis. É simplesmente impossível. Deparamo-nos com imagens e sons e odores e aromas e toque todos os dias da nossa vida. Não podemos fazer tudo simplesmente desaparecer.

Há 26 séculos houve um cientista brilhante, o Buda. Ele fez uma investigação de seis anos e quando a terminou descobriu que cada input, cada dado que a mente recebe pelas portas sensoriais, as bases sensoriais, cada imagem, som, sabor, cheiro ou toque gera uma sensação no corpo, e nós reagimos-lhe cegamente.

A mente também gera dramas, memórias, pensamentos, emoções, raiva, medo, todos eles acompanhados por uma sensação no corpo.

O que é notável é que ele descobriu que, Leia o resto deste artigo »

O Buda e o Cientista | S. N. Goenka

Publicado em Atualizado em

Trecho do livro “Meditação Vipassana: A arte de viver segundo S.N. Goenka”

A realidade física está em constante transformação a cada momento. Foi o que o Buda constatou ao examinar a si mesmo. Com a mente profundamente concentrada, penetrou fundo na sua própria natureza e descobriu que toda a estrutura material é composta por minúsculas partículas subatômicas que surgem e desaparecem sem cessar. No estalar de um dedo ou no piscar de um olho, disse ele, cada uma dessas partículas aparece e desaparece muitos trilhões de vezes.

“Inacreditável” poderá pensar quem Leia o resto deste artigo »

Retiro/Curso Vipassana 10 dias – Minha experiência

Publicado em Atualizado em

Vipassana significa ver as coisas como realmente são, é uma das mais antigas técnicas de meditação da Índia. Foi ensinado por Buda há mais de 2500 anos.

Em Fevereiro de 2012 fiz o 1º retiro de Vipassana da tradição de Sayagyi U Ba Khin, ensinado por S.N. Goenka. Este é o relato da minha experiência.

O retiro/curso é conduzido por um professor e uma professora, assistentes do Goenka que servem essencialmente para tirar dúvidas, aconselhamento e orientar o retiro. Mas as instruções e palestras são dadas por Goenka em áudio.

Este retiro ocorreu no “Monte Mariposa” na serra de Tavira. As instalações são bastante boas. São compostas pelo edifício principal no cimo do cerro e abaixo do cerro ficam várias casinhas, um pavilhão com uma fachada envidraçada (tapada para o retiro), uma cozinha e refeitório estilo Thai (não a utilizamos) e duas casas de banho. Todas essas estruturas, excepto o edifício principal, são de madeira, tem também mais uma casa tipo tenda.

Quem fica no edifício principal talvez tenha um pouco mais de conforto, principalmente no Inverno, é mais quente e tem tudo lá – os quartos, WC, refeitório, hall de meditação, etc. Leia o resto deste artigo »

[Vídeo] Discurso de S.N. Goenka (Millennium World Peace Summit – 2000 – ONU)

Publicado em Atualizado em

Histórico

Sr. Goenka é um professor leigo de meditação Vipassana na tradição do falecido Sayagyi U Ba Khin da Birmânia (Mianmar).

Embora seja de origem indiana, o Sr. Goenka nasceu e foi criado na Birmânia. Quando vivia na Birmânia teve a felicidade de entrar em contato com U Ba Khin e aprender a técnica de Vipassana com ele. Após ter sido treinado durante quatorze anos pelo seu professor, o senhor Goenka se estabeleceu na Índia e começou a lecionar Vipassana em 1969. Em um país dividido radicalmente por diferenças de casta e de religião, os cursos oferecidos pelo senhor Goenka têm atraído pessoas de todos os segmentos da sociedade. Além disso, muitas pessoas de países do mundo inteiro têm vindo freqüentar cursos de meditação Vipassana.

O Sr. Goenka tem ensinado dezenas de milhares de pessoas em mais de 300 cursos de dez dias na Índia e em outros países, no Oriente e no Ocidente. Em 1982, começou a nomear professores-assistentes para ajudá-lo a enfrentar a crescente demanda por cursos. Centros de meditação foram estabelecidos sob a sua orientação na Índia, no Canadá, nos Estados Unidos, na Nova Zelândia, na França, no Reino Unido, no Japão, no Sri Lanka, na Tailândia, em Mianmar, no Nepal e em outros países.

A técnica ensinada por S.N. Goenka representa uma tradição que remonta ao Buda. O Buda nunca ensinou uma religião sectária; ensinou Dhamma — o caminho da libertação — que é universal. Na mesma tradição, a postura do senhor Goenka é inteiramente não-sectária. Por esse motivo, seu ensinamento tem atraído pessoas de todas as origens, de todas as religiões ou sem qualquer religião, de todas as partes do mundo. Leia o resto deste artigo »

[Documentário completo] Doing Time, Doing Vipassana / Tempo de Espera, Tempo de Vipassana

Vídeo Publicado em Atualizado em

Tihar é um dos maiores presídios do mundo e até algumas décadas, o mais violento da Índia. Dizia-se que para alguém não voltar a cometer crimes deveria passar pelo inferno que era a prisão. Mas a verdade é que dessa maneira, só se nutria uma escola de mais crimes, onde um prisioneiro por furtar uma carteira saia de lá assassino. Até que um dia uma mulher revolucionou a maneira de pensar e introduziu a meditação Vipassana (ensinada por Goenka) na prisão.

Um documentário Belissimo e Sensível sobre Leia o resto deste artigo »