Vídeo-palestras

Os 3 Venenos Mentais | Mauricio Hondaku

Vídeo Publicado em Atualizado em

Transcrição:

(…) Os 3 Venenos Mentais segundo o Buda são as bases do nosso pensamento ilusório, das nossas acções ilusórias. (…) Os Venenos Mentais têm haver directamente com a 2ª Nobre Verdade que diz que são os tipos de veneno que nos levam ao apego, que nos levam a vivermos nesse mundo apegado, nesse mundo ilusório que nós vivemos.

Então o Buda dizia que os 3 Venenos Mentais, que terminam guiando tudo o que a gente faz na vida são: Ignorância, Ganância e Ira/raiva. Isso quer dizer que geralmente quando nós agimos, nós agimos baseados num desses 3 venenos, são esses venenos agindo na nossa cabeça.

A Ignorância é justamente quando nós agimos sem Leia o resto deste artigo »

Anúncios

A Mente como o Espaço | Mingyur Rinpoche

Vídeo Publicado em Atualizado em

Transcrição:

A consciência é como o espaço, não pode ser poluída pelas nuvens, você não pode obscurecer o espaço, as nuvens, a terra, o sistema solar, as galáxias você não pode cortar o espaço, você não pode queimar o espaço, o espaço é sempre puro e claro, sempre está lá.

A natureza do espaço é sempre pura e limpa. A consciência é assim. E desta maneira, você automaticamente elimina o sofrimento. Por quê?

Porque normalmente, a nossa mente depende totalmente das coisas materiais externas: Forma, som, cheiro, sabor, sensação; Leia o resto deste artigo »

[Vídeo-Palestras] Retiro: O Nobre Caminho Óctuplo | Sagarapriya

Publicado em Atualizado em

1. O TREINO DA SABEDORIA

(Tópicos referidos na palestra)

.: As 4 Nobres Verdades :.

  1. A Nobre Verdade do Dukkha (sofrimento, insatisfação)
  2. A Nobre verdade da Origem do Dukkha
  3. A Nobre Verdade do Cessar do Dukkha
  4. A Nobre Verdade do Caminho que Conduz à Cessação do Dukkha (Caminho Óctuplo)

.: O Nobre Caminho Óctuplo :.

Sabedoria (pañña)
1) Entendimento/Compreensão apropriada ao Despertar (samma ditthi)
2) Motivação/Pensamento/Intenção/Aspiração apropriada ao Despertar (samma sankappa) Leia o resto deste artigo »

[Vídeo-Palestra] Meditação Vipassana e Sensação do Corpo | Eilona Ariel

Publicado em Atualizado em

Transcrição:

(Som de avião a jato)

Sentiram isto? Algo no vosso corpo? Sensações no vosso corpo? E que tal se juntarmos imagem e som?

(Som de arranhão)

A maior parte das pessoas reage tal e qual como vocês reagiram. Já se realizaram vários estudos para perceber o porquê da nossa reação ao som das unhas a arranhar um quadro preto. Um estudo concluiu que este som se assemelha aos gritos de alerta dos macacos, que geravam reflexos condicionados nos nossos ancestrais. Num estudo mais recente descobriu-se que está relacionado com a anatomia do nosso canal auditivo. O nosso canal auditivo amplifica determinadas frequências, e o som de unhas a arranhar um quadro encontra-se nessa gama de frequências, por isso esse som irrita-nos.

Mas nós não podemos alterar tudo aquilo que nos causa sensações desagradáveis. É simplesmente impossível. Deparamo-nos com imagens e sons e odores e aromas e toque todos os dias da nossa vida. Não podemos fazer tudo simplesmente desaparecer.

Há 26 séculos houve um cientista brilhante, o Buda. Ele fez uma investigação de seis anos e quando a terminou descobriu que cada input, cada dado que a mente recebe pelas portas sensoriais, as bases sensoriais, cada imagem, som, sabor, cheiro ou toque gera uma sensação no corpo, e nós reagimos-lhe cegamente.

A mente também gera dramas, memórias, pensamentos, emoções, raiva, medo, todos eles acompanhados por uma sensação no corpo.

O que é notável é que ele descobriu que, Leia o resto deste artigo »

Correr com a mente de meditação | Sakyong Mipham

Publicado em Atualizado em

“As pessoas me perguntam sobre a relação entre mente e corpo e atualmente eu estou treinando para correr uma maratona. As pessoas pensam que é meio inusual que um lama tibetano faça exercícios, ainda mais correr uma maratona, e qual é a relação entre corpo e mente e entre correr e meditar.

Então para mim, não é tão surpreendente; quero dizer, acho que há uma tradição do corpo e mente e acho que no ocidente às vezes o corpo e a mente têm sido separados. Assim quando as pessoas pensam em meditação ou espiritualidade, acham que estão muito separados do corpo per se.

Mas da forma em que fui treinado e criado, e da forma como entendo esse tópico e meio que a experiência toda, é que na verdade estão unidas. Quando meditamos, por exemplo, mesmo na meditação sentada, é uma experiência do corpo inteiro. Uma experiência totalmente da mente. Leia o resto deste artigo »

Budismo e o Natal

Publicado em Atualizado em

Budismo e o Natal

“Não importa o que um homem faça, se seus actos servem à virtude ou ao vício, tudo é importante. Toda acção acarreta frutos.” – Buda

“Não pode a árvore boa dar maus frutos, nem a árvore má dar bons frutos. Porventura colhem-se figos de espinheiros ou ervas de urtigas? Toda árvore se conhece pelos frutos.” – Jesus

“A pessoa má fala com falsidade, acorrentando os pensamentos às palavras. Aquele que fala mal e rejeita o que é verdadeiramente justo não é sábio.” – Buda

“O homem bom tira coisas boas do tesouro do coração, e o mau retira coisas más, pois a boca fala do que está cheio o coração.” – Jesus

Veja neste post: Citações de Buda e Jesus, Vídeo – O Natal dos Simpsons e o Budismo, Palestra de Monja Isshin, Artigos sugeridos para leitura, Livros recomendados.

Um Budista pode festejar o Natal? Este vídeo dos Simpsons é uma boa resposta a essa pergunta. Leia o resto deste artigo »

A compaixão é que sustenta o mundo, não o processo económico – Palestra: Conselhos Budistas para Tempos Difíceis | Lama Padma Samten

Publicado em Atualizado em

Nós acreditamos que o processo económico é a base do mundo, mas não é. A base do mundo é nossa capacidade de nos interessarmos uns pelos outros. Isso é o que faz as coisas se ampliarem e melhorarem, isso é o que sustenta as coisas.

Sua Santidade o Dalai Lama diz que cada um de nós foi sustentado sem nenhuma expectativa de retorno. Nós fomos cuidados, isso não é uma atividade económica. Quando as coisas afundam, surgem catástrofes e grandes dificuldades, como é que resolvemos? Surgem muitos voluntários, as pessoas se auto-organizam e fazem tudo melhorar. Isso é o que sustenta o funcionamento do mundo.

Quando os pais e mães não conseguem cuidar de seus filhos, aparece Leia o resto deste artigo »

A Mente Única e a Natureza Buda

Publicado em Atualizado em

A Mente Única | Huang-po Hsi-yun

Todos os buddhas e todos os seres comuns nada mais são do que a mente única. A mente é sem início e sem fim, não-nascida e indestrutível. Não tem cor nem forma, não existe nem não-existe, não é velha nem nova, longa ou curta, grande ou pequena, já que transcende todas as medidas, limites, nomes e comparações. É o que vocês vêm diante de vocês.

Comecem a pensar sobre isso e imediatamente estarão errados. É como um vazio ilimitado, que não pode ser sondado ou medido. A mente única é o Buddha, e não há distinção entre o Buddha e os seres comuns, exceto pelo fato de que os seres comuns estão apegados às formas, e assim procuram pela natureza búddhica como se ela estivesse fora deles mesmos. Por causa desta procura, eles perdem a natureza búddhica, já que estão usando o Buddha para procurar o Buddha, usando a mente para procurar a mente. Mesmo que continuem por um milhão de éons, nunca serão capazes de encontrá-la. Não sabem que o que todos eles têm de fazer é colocar um fim ao pensamento conceitual, e então o Buddha aparecerá diante deles, pois esta mente é o Buddha e o Buddha são todos os seres sencientes. Não é menos para os seres manifestos nas coisas comuns, nem mais para os seres manifestos Leia o resto deste artigo »

As 5 Sabedorias | Lama Padma Samten

Publicado em Atualizado em

Sabedoria do Espelho
Buda Akshobia – Cor Azul – Acolhimento

Precisamos ter a sabedoria da cor azul, que é a sabedoria de olhar para o outro e acolhê-lo do jeito que ele vem. Isso é também chamado de sabedoria do espelho. E o que significa acolher o outro do jeito que ele vem? Significa, em primeiro lugar, entender como o outro está vivendo, qual sua experiência de mundo, como ele está experimentando aquilo. Para entender como o outro vive a sua experiência de mundo, temos que entender que a mente dele se espelha no mundo; que o mundo é um espelho que reflete a mente dele. Se ele tem Leia o resto deste artigo »

Felicidade Interna Bruta e o desenvolvimento sustentável do Butão

Publicado em Atualizado em

Nesta conferência do TED, o Primeiro-Ministro do Butão fala sobre o FIB – Felicidade Interna Bruta, e explica o caminho que o Butão percorre para se desenvolver de forma sustentável.

O que é o  FIB – Felicidade Interna Bruta?

Felicidade Interna Bruta (FIB) ou Gross National Happiness (GNH) é um conceito de desenvolvimento social criado em contrapartida ao Produto Interno Bruto (PIB).

Inspirado nos valores budistas, o conceito de FIB baseia-se no princípio de que o verdadeiro desenvolvimento de uma sociedade humana surge quando o Leia o resto deste artigo »

O Nobre Caminho Óctuplo

Publicado em Atualizado em

Trecho do livro As Quatro Nobres Verdades, de Ven. Ajahn Sumedho

A Quarta Nobre Verdade, assim como as primeiras três, é composta por três fases. A primeira é que: ‘Existe o Óctuplo caminho, ou atthangika magga – o caminho para sair do sofrimento.’ É também chamado de ariya magga, o Ariyan ou Nobre Caminho. A segunda fase é que: ‘Este caminho deve ser desenvolvido’. A ultima revelação é: ‘Este caminho foi plenamente desenvolvido’.

O Óctuplo caminho é apresentado numa sequência, começando com Entendimento Correcto (ou perfeito), samma ditthi, seguindo-se a Intenção ou Aspiração Correcta, samma sankappa; estes dois elementos do caminho são agrupados como Sabedoria (pañña). Compromisso moral (sila) fluí da sabedoria, que por sua vez abrange Linguagem Correcta, Acção Correcta, Meio de Vida Correcto – por vezes referidos como, samma vaca, samma kammanta e samma ajiva.

Depois temos Esforço Correcto, Atenção Plena Correcta e Concentração Correcta, samma vayama, samma sati e samma samadhi, que fluem naturalmente do compromisso moral. Estes três últimos fornecem equilíbrio emocional. Eles falam acerca do coração – o coração que está livre da identificação com o Eu e do egoísmo. Com o Esforço Correcto, Atenção Plena Correcta e Concentração Correcta, o coração é puro, livre de impurezas e contaminações. Quando o coração está puro a mente está em paz. Sabedoria (pañña), ou Entendimento Correcto e Aspiração Correcta, nascem do coração puro. Isto leva-nos de volta ao início.

Assim, estes são os elementos do Óctuplo Caminho, agrupados em três secções: Leia o resto deste artigo »