Você acredita em átomos? electrões? quarks?

Publicado em Atualizado em

Eu nunca os vi, mas acredito porque:

  • Todos os cientistas experientes e reconhecidos afirmam que existem;
  • Embora não possa verificar todas as afirmações cientificas por falta de conhecimento e equipamento tecnológico, muitas coisas que os cientistas dizem eu mesmo as posso verificar, e por isso tenho confiança para considerar que muitas das coisas que não consigo verificar sejam verdadeiras;
  • Poderia ter optado por uma carreira cientifica e ter acesso ao conhecimento e ao equipamento tecnológico para verificar por mim mesmo todo esse conhecimento.

Por isso, mesmo que actualmente não possa verificar se átomos, electrões ou quarks existem, tenho fé ou confiança na sabedoria que os cientistas passaram.

A fé ou confiança que se tem nos ensinamentos budistas é alcançada de forma semelhante. Existe fé ou confiança no budismo porque:

  • Vários monges e praticantes leigos experientes e reconhecidos, afirmam que o que Buda disse está de acordo com a experiência que também tiveram;
  • Embora nem todos possamos verificar algumas afirmações por falta de um nível de desenvolvimento mais elevado, é possível verificar pela própria experiência uma parte substancial da sabedoria budista, e isso leva a que exista confiança em outros ensinamentos que ainda não se possa verificar;
  • Existe a possibilidade de se optar por um caminho de desenvolvimento mais intenso como o monasticismo, de forma a que se possa alcançar o mesmo nível de sabedoria.

Por isso, mesmo que actualmente algumas afirmações ainda não sejam possíveis de verificar, existe fé ou confiança na sabedoria budista.

__

“O primeiro amigo é a fé, a devoção, a confiança. Sem confiar, não se pode trabalhar, por permanecer agitado com dúvidas e ceticismo. Porém, se a fé for cega, será um grande inimigo. Torna-se cega se perdermos a inteligência discriminatória, o entendimento apropriado sobre o que é a devoção correta. É possível ter fé em alguma divindade ou indivíduo santificado mas, se a fé for correta, com entendimento apropriado, iremos evocar as boas qualidades desse ser e isso nos inspirará a desenvolver essas mesmas qualidades. Tal devoção é cheia de sentido e é de toda a ajuda. Mas, sem tentar desenvolver as qualidades do ser do qual se é devoto, é fé cega, que é muito perigosa.”

– S. N. Goenka

__

Trecho do livro Budismo em Poucas Palavras (Cap III. É uma religião?), por Narada Mahathera

Ainda que um Budista busque refúgio no Buddha, não há nenhuma abnegação. Tampouco um Budista sacrifica sua liberdade de pensamento convertendo-se em seguidor de Buddha. Pode exercer sua própria livre vontade e desenvolver seu conhecimento inclusive até ao ponto de tornar-se ele mesmo num Buddha.

O ponto de partida do Budismo é raciocinar ou compreender, ou, em outras palavras, Sammā-Diṭṭhi.

Aos que buscam a verdade, o Buddha lhes disse:

“Não aceiteis nada que ouviste – (i.e., porque temos ouvido deste sempre).

Não aceiteis nada por mera tradição – (i.e., porque foi transmitido assim através de muitas gerações).

Não aceiteis nada devido à mera existência de rumores – (i.e., crer no que dizem os outros sem haver comprovações).

Não aceiteis nada simplesmente porque coincide com vossa religião.

Não aceiteis nada por mera suposição.

Não aceiteis nada por mera inferência, por mera dedução.

Não aceiteis nada considerando simplesmente as razões.

Não aceiteis nada simplesmente porque está de acordo com vossas noções preconcebidas.

Não aceiteis nada simplesmente porque os pareça aceitável – (i.e., porque um orador parece bom deveria aceitar-se a sua palavra).”

“Mas quanto tiverem compreendido por vocês mesmos de que – isto é imoral, isto é indigno, isto censura a prudência ou o juízo, isto, quando se faz e se assume, leva à ruína e ao sofrimento – então, rejeite-o realmente.”

“Quando sabeis por vocês mesmos que – estas coisas são morais, são irrepreensíveis, são elogiadas por sua prudência e por seu juízo, estas coisas, quando se fazem e se assumem, conduzem ao bem-estar e à felicidade – então, que vivam agindo em conformidade.”

(Kalama Sutta)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s