[Filme] I Origins – . . .e a resposta do Dalai Lama sobre crenças

Vídeo Publicado em Atualizado em

Sinopse (Wikipédia): O Dr. Ian Gray (Michael Pitt) é um cientista que pesquisa sobre a íris ocular. Obcecado por descobrir a origem da visão, ele tenta provar que o desenvolvimento do olho humano faz parte da evolução natural, e não precisaria de um “designer inteligente” – ou seja, uma figura divina para criá-lo. Ele trabalha com a ajuda de sua estagiária Karen (Brit Marling) e de Kenny (Steven Yeun). Um dia, ele conhece Sofi (Astrid Berges-Frisbey), e os dois se apaixonam, apesar da diferença de convicções. A aproximação dos dois fará Ian buscar explicações além da ciência para os mistérios que o olho humano pode guardar.

Um filme espiritual e de ficção cientifica, sobre os olhos, ciência, crenças e renascimento.

Diálogo sobre crenças – a resposta do Dalai Lama

Transcrição do diálogo:

— Dr. Gray, você é religioso?

— Se sou religioso? Pensei que tivesse pesquisado sobre mim.

Não sou religioso.

— Porque não?

— A religião é baseada em escrituras feitas por homens há milhares de anos atrás. Essas crenças não podem ser mudadas ou desafiadas.

Elas são fixas.

Na ciência, grandes pensadores escreveram coisas muito tempo atrás, mas a geração a seguir melhora o que foi feito.

As palavras não são sagradas.

Einstein foi um homem brilhante, mas não é o nosso Deus. Foi um passo para a evolução do conhecimento, mas nós damos sempre um passo mais à frente.

— Sabe… um cientista um dia perguntou ao Dalai Lama:

“O que fazia se alguma coisa científica refutasse as suas crenças religiosas”?

E ele disse, depois de muito pensar:

“Queria ver todos os documentos. Queria ver todas as pesquisas e realmente tentar
entender as coisas. E por fim, se estivesse claro que as provas científicas refutassem as minhas crenças, então, mudava as minhas crenças”.

— Uma boa resposta.

— Ian… O que fazia se alguma coisa espiritual refutasse as suas crenças científicas?

Foi Carl Sagan que fez a pergunta que consta nesse diálogo ao Dalai Lama. Veja aqui: Carl Sagan entrevista Dalai Lama. Mas em outras ocasiões Dalai Lama também teve oportunidade de afirmar o mesmo, como no seu livro “O Universo num átomo”.

Se você está familiarizado com o processo de reconhecimento de um Tulku (mestre renascido), vai identificar algo desse processo em determinada parte do filme (excluindo a parte dos olhos).


IMDBWikipédia-ptWikipédia-eng

Lista de Filmes e Séries

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s