Curiosidade: Ubuntu e o Projecto Ayatana

Publicado em Atualizado em

Você sabe o que é Ayatana? e Ubuntu?
Fique a conhecer o que significa a palavra Ayatana, o que é o Ubuntu e o Projecto Ayatana.

Ayatana

A palavra Pali ayatana é um conceito budista que significa a base dos sentidos ou sistema sensorial.

Há dois aspectos ou conjuntos de ayatana, interno e externo. Os ayatanas internos são os olhos, ouvidos, nariz, língua, corpo e mente (sentido mental), isto é, as seis portas dos sentidos (órgãos sensoriais). Os ayatanas externos são as formas, sons, odores, sabores, características táteis e objetos mentais, isto é, os objetos ou temas da experiência sensorial.

Olhos – Objectos visíveis
Ouvidos – Som
Nariz – Odor
Lingua – Sabor
Corpo – Toque
Mente – Objectos mentais

Saiba mais: Wikipédia-eng: Ayatana

Ubuntu

Sistema operativo desenvolvido em opensource, construído a partir do núcleo Linux e baseado no Debian. É patrocinado pela Canonical.

O nome Ubuntu deriva do conceito sul africano de mesmo nome, diretamente traduzido como “humanidade com os outros” ou “sou o que sou pelo que nós somos”.

“ Uma pessoa com Ubuntu está aberta e disponível para outros, apoia os outros, não se sente ameaçada quando outros são capazes e bons, baseada em uma autoconfiança que vem do conhecimento que ele ou ela pertence a algo maior e é diminuída quando os outros são humilhados ou diminuídos, quando os outros são torturados ou oprimidos. ”

Esse nome busca passar a ideologia do projeto, baseada nas liberdades do software livre e no trabalho comunitário de desenvolvimento.  (via: Wiki-pt)

Prints do Sistema:

Quem é o fundador do Ubuntu?

O sul africano Mark Shuttleworth, 42 anos, ficou multimilionário quatro anos após ter criado uma empresa de segurança informática chamada Thawte, que vendeu por mais de 500 milhões de euros ao gigante de software, Verisign.

A partir daqui tudo se tornou possível na vida deste programador, nascido em Welkom, África do Sul.

Em 2001, dois anos após o negócio que mudou a sua vida, Mark decidiu que iria ser o primeiro africano no espaço. Pagou 20 milhões de dólares, treinou durante quase um ano na Rússia e Cazaquistão.

Shutlleworth esteve oito dias na estação espacial Soyouz. A notícia correu mundo.

Já com os pés assentes na Terra, Mark dedicou-se aos negócios e à filantropia. Criou uma ONG dedicada a financiar iniciativas de educação em África, uma fundação que apoia projectos sociais e ambientalistas e um fundo de investimento, HBD.

Em 2004 o programador milionário criou um sistema operativo gratuito chamado Ubuntu, pensado sobretudo para países em desenvolvimento. (via: TVI24)

Hoje o Ubuntu é um dos Sistemas Operativos mais usados no mundo em Servidores, Cloud e IOT.
Você usa o Google? Wikipédia? Facebook? Então indirectamente também está a usar o Ubuntu, uma vez que essas empresas utilizam esse sistema nos seus servidores. Mas este é apenas um exemplo, o Ubuntu é usado por muitas mais empresas, assim como utilizadores comuns.

Veja a Reportagem o Homem da Lua, e conheça um pouco sobre o fundador do Ubuntu e o trabalho filantrópico que tem desenvolvido em S. Tomé e Príncipe com uma equipa de portugueses.

Reportagem Completa

Sinopse (TVI24):  Um multimilionário sul-africano, 42 anos, está a investir em S. Tomé e Príncipe, o equivalente ao orçamento de Estado daquela ex-colónia portuguesa. Cerca de 130 milhões de euros injetados num dos mais pobres e pequenos países de África.

O sonho de Mark Shuttleworth, é fazer da ilha do Príncipe um paraíso ecológico, sustentável e turístico, com a participação das populações locais.

O sonho daquele que foi o primeiro africano a ir ao espaço, está a mudar a realidade de um povo habituado à pobreza e de um país que nunca vira tamanha vontade de proteger a natureza e o seu povo.

Há muitos portugueses envolvidos neste projeto, que pode mudar para sempre a face de um país que descobriu que a natureza pode afinal, ser a sua maior riqueza. Portugueses que ajudaram as populações a entender que este não é mais um dos muitos projetos que acabam a meio e se ficam pelas intenções.

O sonho do «Homem da Lua», como é conhecido na Ilha do Príncipe, é um dia poder sobrevoar a região e mal perceber a presença turística.

Um retrato de um país dividido entre a natureza e o petróleo.

Saiba mais:

 Projecto Ayatana

Como já vimos, Ayatana é um conceito budista que significa o sistema sensorial. O nome foi adotado pela equipa do Ubuntu para se referir ao esforço colectivo com a finalidade de melhorar a experiência de usuário no Ubuntu.

“Experiência do usuário (EU), do inglês user experience (UX), envolve os sentimentos de uma pessoa em relação à utilização de um determinado produto, sistema ou serviço. A experiência do usuário destaca os aspectos afetivos, experiências, significativos e valiosos de interação humano-computador e propriedade do produto. Além disso, inclui as percepções de uma pessoa dos aspectos práticos, tais como a utilidade, a facilidade de utilização e a eficácia do sistema. A experiência do usuário é de natureza subjectiva, pois é sobre a percepção e pensamento individual no que diz respeito ao sistema. A experiência do usuário é dinâmica, pois é constantemente modificada ao longo do tempo, devido à evolução das circunstâncias e inovações.” (via: Wikipédia)

O Projecto Ayatana foca-se em melhorar a percepção e apresentação de informações no ambiente de trabalho do Ubuntu.

Suru, a linguagem visual do Ubuntu, é inspirada na cultura japonesa, origami e simplicidade Zen

Fotos: Site oficial do Ubuntu > Filosofia de Design 

Saiba mais:


Leia também:
Budismo, Hackers e OpenSource

Advertisements

2 opiniões sobre “Curiosidade: Ubuntu e o Projecto Ayatana

    […] conhecer uma distribuição Linux? Leia este post sobre o Ubuntu, e se considera que tem conhecimentos técnicos suficientes, instale no seu […]

    Gostar

    Steve Jobs e o Zen Budismo « Olhar Budista disse:
    02/12/2016 às 19:42

    […] Curiosidade: Ubuntu e o Projecto Ayatana […]

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s